Aracruz registra 22 casos de contaminados pela variante inglesa do coronavírus

Apontada como mais contagiosa e letal, cepa é originária do Reino Unido

0
601
Vista aérea da sede de Aracruz. Foto: Divulgação/PMA

Aracruz registrou, de acordo com comunicado emitido na noite desta quarta-feira 24 pela secretaria municipal de Saúde, 22 casos de contaminados pela variante inglesa do coronavírus. Trata-se da cepa B.1.1.7, detectada originalmente no Reino Unido e já identificada em diversos países do mundo. Ela é apontada como mais contagiosa e letal do que o vírus clássico, que já contaminou mais de 11,3 mil pessoas na cidade.

Os casos foram registrados no Centro (1) e nos bairros Bela Vista (1), Fátima (1), Limão (2), São Marcos (1), Segatto (3) e Vila Rica (4), além das localidades de Barra do Sahy (1), Coqueiral (1), Guaraná (1), Itaparica (1), Santa Cruz (1), Santa Rosa (1), São José (1) e Vila do Riacho (2). Das 22 pessoas infectadas com a B.1.1.7, quatro tem entre 10 e 20 anos; 11 tem de 31 a 60 anos; e sete tem entre 61 e 90 anos.

“Vivemos uma situação grave, pois essa variante é de alta transmissão e letalidade. Cada um tem que fazer sua parte agora. Temos que ter responsabilidade social”, alertou a secretária municipal de Saúde Bernadete Xavier.

PUBLICIDADE