Aracruz reestrutura sistema de saúde para combater a Covid-19

O Centro de Hemodiálise e a Casa Rosa continuam funcionando normalmente, assim como os serviços de vacinação e o combate à dengue

0
87
UPA do bairro Vila Rica. Foto: Divulgação/Prefeitura de Aracruz

A rede assistencial de saúde para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 em Aracruz está sendo adaptada e reorganizada. Todas as unidades de saúde passaram a contar com uma sala reservada para coletar os exames da doença e enviar ao Laboratório Central e orientar pacientes sintomáticos; as receitas médicas passaram a valer por dois meses e os medicamentos estão sendo entregues, na maioria dos casos, na casa do paciente; e a Central de Ambulâncias está sendo reestruturada para transportar com rapidez e segurança os pacientes mais graves do município.

As unidades de saúde de Jacupemba, Vila Rica e Barra do Riacho foram adequadas e estão sendo equipadas com leitos de retaguarda para pacientes que necessitam de acompanhamento, e com a instalação de rede de oxigênio e ar comprimido e ventiladores mecânicos.

Os profissionais de linha de frente recebem EPIs e contam com alojamento específico e separado de suas residências. Já as equipes médicas e de enfermagem passam por treinamento de como se portar frente à síndrome respiratória grave. No entanto, os profissionais do grupo de risco (cardiopatas, diabéticos, obesos etc.) já estão afastados das atividades presenciais.

O Centro de Hemodiálise e a Casa Rosa continuam funcionando normalmente, assim como os serviços de vacinação e o combate à dengue. O setor de Saúde conta com 270 profissionais, sendo 73 médicos, 39 enfermeiros, 16 auxiliares de enfermagem, 137 técnicos de enfermagem, 2 médicos infectologistas e 3 médicos auditores/reguladores.

PUBLICIDADE