Aracruz investe em segurança das escolas municipais

A depender do número de alunos matriculados, cada unidade receberá de R$ 40 mil a R$ 80 mil específicos para a segurança patrimonial

0
25
EMEF Zilca Nunes Vieira Bermudes, no bairro Vila Nova, em Aracruz. Foto: Luã Quintão/Secom PMA

A secretaria de Educação de Aracruz destinou um manual de orientação às escolas municipais quanto à utilização dos recursos governamentais a serem utilizados para evitar depredações, furtos e outros atos de vandalismo. A depender do número de alunos matriculados, cada unidade receberá de R$ 40 mil a R$ 80 mil específicos para a segurança patrimonial.

O documento ainda orienta quanto ao uso dos recursos para outras quatro categorias que também terão recursos específicos: acessibilidade, combate a incêndios, climatização dos ambientes escolares e inovação tecnológica. Cada escola avalia suas necessidades e prioridades, sendo responsável em pôr em prática as ações sugeridas.

“Tomamos essa medida para reforçar a segurança em todas as escolas municipais e garantir que os locais sejam preservados. Cada vez que um espaço é invadido e sofre com o vandalismo, você vê o fruto de anos de trabalho destruído por quem não sabe o valor do bem público e, principalmente, não sabe a real função da escola”, destaca a secretária municipal de Educação, Jenilza Spinassé.

PUBLICIDADE