Aracruz divulga relatório de impacto ambiental da rodovia do Contorno

O traçado envolve quatro trechos de rodovias que cortam a cidade

0
335
Vista aérea da sede do município com as demarcações do contorno Norte-Sul

O secretário municipal de Meio Ambiente, Edgar Allan Martins, divulgou o Relatório de Impacto Ambiental (Rima) da rodovia do Contorno de Aracruz Norte e Sul, que será construída no município, com o objetivo de permitir o desvio do tráfego de veículos pesados da área urbana da sede e melhorar o potencial logístico, comercial e industrial.

O traçado envolve quatro trechos de rodovias que cortam a cidade (ES 124, em dois trechos; ES 456, rodovia Primo Bitti; e ES 257). O trecho Norte tem segmento único começando no trevo da localidade de Pau Preto, na saída de Aracruz para Guaraná, na ES 124, passando pelo bairro Cupido e indo até a rodovia ES-257, na localidade de Morro das Almas, no acesso para Barra do Riacho.

O trecho Sul terá dois segmentos, o primeiro começando nas proximidades da pedreira Aracruz (ES-257) e seguindo pela direita, no sentido Ibiraçu a Aracruz, por áreas rurais, até a estrada de Santa Rosa (extensão da ES 124), próximo ao Loteamento Valle Verde. O segundo segmento terá início nas proximidades do Centro Empresarial do Bela Vista, interligando a rodovia ES-456 (Aracruz a Coqueiral) à ES-257, (ligação Aracruz à fábrica da Suzano), na localidade de Morro das Almas.

O projeto vem sendo conduzido pela prefeitura em parceria com a Associação Movimento Empresarial de Aracruz (Amear) e Imetame. O projeto do Contorno de Aracruz foi projetado para contemplar o tráfego nos dois sentidos, com pista de 3,50 metros, considerando acostamento ao lado esquerdo e estacionamento ao lado direito, ambos medindo dois metros, além de obras de drenagem que ocuparão, em média, dois metros, resultando em uma seção ocupada de 15 metros.

Para a execução da obra, que ficará a cargo da administração do novo prefeito, Dr. Luiz Coutinho, admitiu-se o prazo de 480 dias trabalhados (16 meses). Edgar Martins disse que na consulta pública, o cidadão poderá levar contribuições que serão absorvidas pela equipe técnica do órgão ambiental, para serem utilizadas na análise do requerimento de licença ambiental.

Os questionamentos e as manifestações poderão ser apresentadas na recepção da secretaria de Meio Ambiente até o dia 15 próximo, de segunda a quinta-feira, de 12h às 18h, e nas sextas, de 7h às 13h. Para sanar qualquer outra dúvida, basta ligar no Setor de Licenciamento Ambiental no telefone 3270-7067.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui