Aracruz amplia cerco eletrônico e videomonitoramento

O município ainda será contemplado com a tecnologia de reconhecimento facial. Serão dois pontos de captura de imagens em locais estratégicos

0
82
CISP contará com 27 câmeras de cerco eletrônico e outras 79 de videomonitoramento. Foto: Humberto De Marchi/Secom PMA

A partir de um novo contrato assinado pelo prefeito Dr. Luiz Coutinho na quarta-feira 2, Aracruz passará a ter um cerco eletrônico com 27 câmeras que cobrirão 57 faixas. Antes eram 15 câmeras e 33 faixas cobertas. O videomonitoramento também será ampliado com 60 novas câmeras. Somadas as 19 existentes do programa Olho Digital, serão 79 equipamentos transmitindo em tempo real para a Central Integrada de Segurança Pública (CISP) do município.

De acordo com a Prefeitura de Aracruz, as câmeras do cerco eletrônico são itinerantes e poderão identificar todos os tipos de veículos, especialmente os com restrições de furto e roubo. Elas também serão instaladas no contexto semafórico para detectar avanços de sinais, nas faixas de pedestre e acidentes. Já as 60 novas câmeras do sistema de videomonitormento contam com softwares modernos, áudio biderecional, áudio falante industrial e zoom com nitidez focal de até dois quilômetros, tudo com receptividade em “video wall”.

“Com esse novo contrato Aracruz ainda será contemplada com a tecnologia de reconhecimento facial, que é inovadora e avançada. Para isso serão instalados dois pontos de captura de imagens em locais estratégicos”, anunciou Marcus Coelho, secretário municipal de Administração. A empresa contratada foi a Start Tech Solução em Tecnologia LTDA. O investimento é de R$ 6.330.120,00, segundo a licitação n° 057/2021.

PUBLICIDADE