Alunos da Rede Pública Estadual podem participar de Monitoria Voluntária

O objetivo é que essa atividade seja desenvolvida no contra turno e que funcione como um apoio ao professor no processo de ensino aprendizagem de outros estudantes

0
7
Foto: Divulgação

O ano letivo 2020 nas escolas públicas da Rede Estadual pode começar diferente para alguns alunos. Já pensou ajudar outros colegas repassando conhecimentos adquiridos em matérias que tenha mais facilidade em aprender? Se a resposta for sim, a porta de entrada é o Programa de Monitoria Voluntária Estudantil, da secretaria da Educação (Sedu). Os interessados podem procurar pela secretaria da escola onde estuda e se candidatar.

Na biblioteca, nos laboratórios de Informática, Física, Química, Matemática, Biologia e Artes, por exemplo, o aluno voluntário repassa os seus conhecimentos para outros colegas de escola ou pessoas da própria comunidade. O objetivo é que essa atividade seja desenvolvida no contra turno e que funcione como um apoio ao professor no processo de ensino aprendizagem de outros estudantes.

Os voluntários também podem desenvolver projetos sociais, bem como atividades socioeducativas e esportivas, sempre com o apoio do professor. Toda essa dedicação tem um retorno, eles recebem o reconhecimento da Sedu por meio de certificação. “É importante destacar que esse aluno precisa desenvolver a monitoria voluntária por 40 horas ao longo de um ano letivo para receber a certificação pelas ações realizadas. Este documento inclusive ajuda este aluno futuramente no mercado”, disse a gerente de Ensino Médio da Sedu, Rosângela Vargas.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui