A volta às aulas nas escolas municipais de Aracruz e Região

Primeiro trimestre do ano letivo será de aulas não presenciais em Fundão, Ibiraçu e João Neiva. Em Aracruz, a previsão é de que o ensino híbrido tenha início no próximo mês

0
68
Foto Ilustrativa: Divulgação

De forma remota devido à pandemia do coronavírus, o ano letivo nas escolas municipais de Aracruz, Ibiraçu e João Neiva tem início na próxima segunda-feira 8. Em Fundão, as aulas tiveram início ontem 4, também no modelo não presencial.

A secretaria de Educação de Aracruz pretende adotar o formato híbrido, combinando aulas remotas e presenciais, a partir do próximo mês. Já as secretarias de Educação de Ibiraçu, Fundão e João Neiva definiram que as aulas do 1° trimestre serão exclusivamente no modelo não presencial. Confira abaixo detalhes da volta às aulas em cada um dos quatro municípios.

Aracruz

As aulas remotas das escolas municipais de Aracruz ocorrerão por meio da ferramenta Google Classroom, que funciona como uma sala de aula online. A medida segue as orientações da resolução n° 008, de 22 de dezembro de 2020, do Conselho Municipal de Educação (CMEA), que diz que “dependendo das condições sanitárias do município, as escolas municipais poderão adotar a forma híbrida, caracterizada pela combinação do modelo presencial e remoto, em regime de revezamento por grupos de estudantes, de acordo com a capacidade de cada unidade de ensino”.

A previsão da secretaria municipal de Educação é de que o retorno seguro, gradual e escalonado às atividades presenciais ocorra a partir do próximo mês, devendo atender prioritariamente os alunos que não têm acesso à internet em casa. Até lá, eles terão acesso aos conteúdos do currículo escolar em multicanais abertos de televisão.

Não há, entretanto, previsão de quando as aulas voltarão a ser totalmente presenciais. De acordo com o CMEA, somente após o processo de imunização vacinal de todos os profissionais do magistério, das equipes gestoras e administrativas, é que a rede municipal poderá adotar a forma plenamente presencial, mesmo que isso ocorra no decorrer do 2° semestre deste ano.

Ainda de acordo com o CMEA, quando houver retorno das aulas presenciais de forma gradual e escalonada, “caberá aos pais ou responsáveis legais, em comum acordo com a escola e com as regras estabelecidas pelo sistema de ensino, a opção pela permanência do estudante em atividade não presencial, mediante compromisso das famílias ou responsáveis pelo cumprimento das atividades e avaliações previstas no replanejamento curricular”.

Para garantir o retorno seguro dos alunos e professores, a equipe técnica da secretaria municipal de Saúde está analisando individualmente as necessidades das escolas, uma vez que cada uma tem sua peculiaridade para se adequar as normas sanitárias vigentes.

Fundão

Sem previsão de adotar o ensino híbrido, a Prefeitura de Fundão informou que o 1° trimestre deste ano letivo nas escolas municipais ocorrerá de forma remota, com a disponibilização das atividades – produzidas pelo trio gestor de cada unidade de ensino (diretor, pedagogo e coordenador) junto aos professores – no site da secretaria municipal de Educação (https://sites.google.com/view/semedfundaoes).

Ibiraçu

O 1° trimestre deste ano letivo nas escolas municipais de Ibiraçu também será de atividades pedagógicas não presenciais. De acordo com a secretaria de Educação local, o calendário foi organizado para garantir a comunicação de conteúdos a todos os alunos da rede municipal de ensino, tendo como foco a aprendizagem efetiva dos estudantes, além do cumprimento da carga horária anual obrigatória prevista na legislação vigente.

João Neiva

A oferta de aulas não presenciais ao longo do 1° trimestre deste ano letivo também foi considerada pela Prefeitura de João Neiva. De acordo com a secretaria municipal de Educação, os profissionais vinculados às turmas realizarão o acompanhamento dos estudantes, ampliando a interação com eles e seus familiares, focando nas competências socioemocionais, na motivação educacional e como agente de suporte na resolução e erradicação de dúvidas no processo de aprendizagem.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui