Uma história de inclusão e amor no 25º Grupo Escoteiro Jequitibá

O grupo está comemorando a entrega de distintivos especiais aos irmãos Enzo e Eduardo, que tem, respectivamente, TEA associado ao TOD e TDAH

0
7
Enzo recebeu o distintivo Cruzeiro do Sul, do ramo Lobinho (6,5 aos 10 anos de idade) e Eduardo recebeu o distintivo Lis de Ouro, do ramo Escoteiro (11 aos 14 anos). Foto: Divulgação/25° ES

A inclusão de todos, sem qualquer discriminação, é continuamente incentivada no 25° Grupo Escoteiro Jequitibá, em Aracruz, que está comemorando a entrega de distintivos especiais aos irmãos Enzo e Eduardo, que tem, respectivamente, Transtorno do Espectro Autista (TEA) associado ao Transtorno Opositivo Desafiador (TOD) e Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH).

Enzo recebeu o distintivo Cruzeiro do Sul, do ramo Lobinho (6,5 aos 10 anos de idade) e Eduardo recebeu o distintivo Lis de Ouro, do ramo Escoteiro (11 aos 14 anos). Seus pais, Alci Tessarolo e Jucineia Ribeiro, relatam que a conquista de seus filhos contaram com a postura ética e acolhedora dos chefes do 25° Grupo Escoteiro Jequitibá.

“No início, quando o Enzo entrava em crise sentia vontade de desistir e envolvê-lo em um casulo para que não respingasse nele a incompreensão do mundo. Naqueles momentos de dúvidas e dor, recebemos o apoio dos escotistas que pontualmente se dispuseram a estudar e compreender o comportamento atípico de meu filho. Sei que não foi fácil mudar toda estrutura da alcateia e garantir a inclusão, inserção social e real dele. Hoje, com méritos dos chefes, os lobinhos da Alcateia Sementes respeitam às diferenças, são empáticos, acolhedores, não excluem o Enzo das atividades, pelo contrário valorizam seus conhecimentos”, relata Jucineia.

“Com o Eduardo na tropa escoteira o processo foi parecido, pois os chefes incentivaram as conquistas das especialidades e das insígnias, não permitindo a desistência dele em virtude do déficit. Vale lembrar, que os companheiros de tropa também tiveram sua importância neste processo”, continua mãe. Já o pai enfatiza que Enzo, em sua peculiaridade, levou a família toda ao mundo do escotismo. E encantados pela missão, são honrados em fazer parte da grande família escoteira.

PUBLICIDADE