Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
15/03/2019 às 09:05
Cadastro Único atende 46 famílias em Santa Rosa

A equipe do Cadastro Único da Prefeitura de Aracruz esteve na Unidade de Saúde de Santa Rosa para realizar o cadastro e a atualização de famílias no programa para a disponibilização dos programas sociais. Ao todo, 46 famílias compareceram, todas com uma média de composição familiar em torno de seis pessoas.

 

Por meio da inserção dessas pessoas, o governo disponibiliza, a partir do perfil dos usuários, benefícios como o Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Identidade Jovem, descontos em tarifas de luz, isenção em taxas de concurso, entre outros.

 

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele, são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras. Em Aracruz, quase 11 mil famílias estão inseridas.

 

De acordo com a coordenadora Rosimery Terra Rosário, o cadastro único/bolsa família possui uma agenda anual de ações itinerantes, com o objetivo de atingir o publico alvo, que são as famílias em extrema pobreza. Ela destaca que a divulgação feita nas comunidades é importante para cativar a população e inserir essas pessoas no cadastro único e assim serem beneficiadas.

 

Para as famílias que desejam ser inseridas dentro do Cadastro Único, é preciso ir até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Para as pessoas que possuem alguma dificuldade de ir até o ponto de cadastramento, a prefeitura realiza ações itinerantes durante o ano, com servidores indo até às famílias. Para as pessoas com problemas de saúde e acamadas, uma visita domiciliar pode ser agendada, para que um assistente social e um agente cadastrador possam ir à residência.

 

É preciso levar a declaração do agente de saúde, documentos originais de todos os moradores da residência e declaração escolar dos filhos de 06 a 17 anos e rescisões de contrato de trabalho dos últimos 12 meses de quem trabalhou. Vale lembrar que todas as pessoas que recebem os benefícios devem atualizar ou se cadastrar para que não ocorra bloqueio ou cancelamento dos benefícios.

Veja mais sobre Cidades [+ notícias]

Edição da Semana

Coluna
Beth Vervloet

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Aracruz e região.

Fórum do Leitor

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!