Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
07/12/2018 às 09:55
Alerta vermelho na rodovia Primo Bitti

5° BPM orienta e pede cautela aos motoristas

 

Motoristas que trafegam pela rodovia Primo Bitti (ES-456), que liga a sede de Aracruz a Coqueiral, acenderam o alerta vermelho. Ao longo dos 25 quilômetros da estrada, inúmeros buracos ameaçam a segurança de condutores e passageiros. Alguns trechos estão tomados por verdadeiras crateras e é preciso andar em zigue-zague para desviar delas.

 

Na última segunda-feira 03, entre os quilômetros dois e três da ES-456, próximo à localidade conhecida como Destacamento, uma condutora perdeu o controle do veículo ao cair em um buraco, rodou na pista e acabou batendo contra um barranco. No mês passado, foram três acidentes com vítimas na rodovia.

 

Por conta do estado da rodovia Primo Bitti, a subseção de Trânsito do 5° Batalhão está promovendo blitzes de conscientização. A intenção é orientar os motoristas que necessitem passar pelo trecho para que redobrem a atenção, reduzam a velocidade e mantenham a distância de segurança do veículo à frente.Procurado para falar de possíveis melhorias na ES-456, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES) não respondeu até o fechamento desta edição.

 

Mais de 800 acidentes em Aracruz e Região neste ano

A subseção de Trânsito do 5° Batalhão da Polícia Militar (BPM) divulgou o relatório estatístico de acidentes registrados em Aracruz e Região entre os meses de janeiro e novembro deste ano. Foram 810 ocorrências, sendo 550 na área urbana e 260 em sete rodovias estaduais que, em março, passaram a ser fiscalizadas pelo 5° BPM. Do total de acidentes, 549 foram sem vítimas, 252 com vítima parcial e nove com vítima fatal. Em todo o período do ano passado, só na área urbana foram 789 acidentes.

 

Neste ano, de janeiro até o fim do mês passado houve também a confecção de 3.203 autos de infração de trânsito (AIT), 964 a mais do que em 2017, quando foram emitidos 2.239 AIT entre janeiro e dezembro. O número aumentou frente à intensificação das fiscalizações após o desmembramento do Posto Rodoviário 11, em Coqueiral, do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran).

 

A mudança atribuiu ao 5° BPM a responsabilidade de fiscalização das rodovias ES-010 (Praia Grande x Vila do Riacho), ES-124 (Praia Grande x Santa Rosa x Guaraná), ES-257 (Ibiraçu x Barra do Sahy), ES-261 (Fundão x Santa Teresa), ES-445 (Vila do Riacho x Guaraná), ES-456 (Aracruz x Coqueiral) e ES-458 (Ibiraçu x Pedro Palácios).

 

Motos barulhentas na mira da PM

Encarregado de eliminar o ruído do motor, o silencioso do escapamento quando adulterado pelos proprietários que gostam de veículos barulhentos, pode trazer penas graves ao infrator, além de perturbar os moradores. Em Aracruz, cresceu o número de queixa sobre a irregularidade, muito comum em motos. Frente a isso, a subseção de Trânsito do 5° Batalhão da Polícia Militar intensificou a fiscalização desses veículos.

 

Quem retira o miolo do abafador de barulho presente no interior do escapamento para que o motor fique ruidoso pode ser punido. De acordo com a PM, o artigo 230 do Código Brasileiro de Transito prevê multa no valor de R$ 195,23para veículos com descarga livre de ruído de escapamento sem miolo, com alteração do sistema original.

 

Além da multa, o condutor é enquadrado em penalidade grave e perde cinco pontos na CNH. A irregularidade precisa ser sanada no local, caso isso não aconteça, o documento do veículo é recolhido para encaminhamento à Seção de Trânsito do 5° BPM e o proprietário só poderá tê-lo de volta após vistoria. Condutores de ciclomotores de até 50 cilindradas com escapamento irregular também podem ser punidos, apesar desses veículos não serem emplacados.

Veja mais sobre Cidades [+ notícias]

Edição da Semana

Coluna
Beth Vervloet

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Aracruz e região.

Fórum do Leitor

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!