Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
18/10/2019 às 08:19
União política viabiliza Farmácia Cidadã em Aracruz

Reunidos no mesmo palanque, o governador Renato Casagrande; a vice Jacqueline Moraes; o deputado estadual Erick Musso (presidente da Assembleia Legislativa); o prefeito Jones Cavaglieri; o secretário estadual de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente; o secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes; e a secretária municipal de Saúde de Aracruz, Clenir Avanza, inauguraram a Farmácia Cidadã em Aracruz, que receberá R$ 30 milhões anuais em medicamentos de alto custo.

 

A solenidade foi realizada na manhã de ontem 17, na Unidade de Saúde do bairro Guaxindiba, prestigiada por prefeitos e vereadores da Região, secretários municipais, lideranças comunitárias e um grande público. Erick Musso destacou: “quero agradecer ao governador pelos investimentos que não vão beneficiar grupos, mas beneficiar aqueles que são os donos do nosso mandato: as pessoas do nosso Estado”.

 

Com 3.700 processos ativos, a Farmácia Cidadã Estadual de Aracruz, além de atender o município, beneficia os moradores de Fundão, Santa Teresa, Ibiraçu e João Neiva. Com ela, os cidadãos não precisam mais se deslocar para Vitória ou a outras cidades para conseguirem a medicação de alto custo. Aracruz é o 11º município no Estado a contar com esse serviço. Anualmente, a unidade receberá R$ 30 milhões em medicamentos de alto custo.

 

Durante a solenidade de inauguração, o governador Casagrande destacou a importância da unidade para estes municípios. “Estamos repassando o dinheiro para a Prefeitura contratar os farmacêuticos. Os moradores de Aracruz tinham que ir até Cariacica para buscar seu remédio. Agora terá tudo aqui no município, e os moradores de cidades vizinhas também poderão vir buscar remédios nesta unidade. Essa descentralização é importante. Daqui para frente teremos consultas regionalizadas também. Vamos ceder os medicamentos e a Prefeitura irá gerenciar essa unidade regionalmente”, explicou Casagrande.

 

Farmácia Cidadã Estadual

Com estrutura padronizada como as demais farmácias espalhadas pelo Estado, a unidade em Aracruz fica localizada em um imóvel onde já funcionam a farmácia básica e o Centro Odontológico Municipal. O prédio tem 210 m² de área, no bairro Guaxindiba. O espaço disponibiliza 40 cadeiras para acomodar os usuários durante o tempo de atendimento. A previsão é que, inicialmente, sejam realizados, em média, de 30 a 40 atendimentos por dia. A Farmácia Cidadã Estadual terá um guichê para senha e triagem, um guichê para abertura de processos e mais dois guichês para dispensação de medicamentos. Além disso, os atendimentos serão realizados em um espaço climatizado com aparelhos de ar-condicionado, com banheiros masculino, feminino e um adaptado para cadeirantes. A farmácia funcionará de segunda a sexta-feira, de 8h às 18h. A unidade de Aracruz iniciou o atendimento aos usuários no último dia 30 de setembro. A média de atendimento inicial na primeira semana foi de 90 usuários por dia. O telefone da unidade é (27) 3270-7427.

 

Acesso

No Espírito Santo, quem precisa fazer tratamento com medicamentos de alto custo pode ter acesso aos remédios por meio das unidades da Farmácia Cidadã Estadual. Atualmente, o serviço oferece 354 tipos de medicamentos de alto custo no elenco padronizado, usados no tratamento de doenças crônicas de tratamento prolongado, como Mal de Alzheimer, doença de Parkinson, esquizofrenia, artrite reumatoide, hipertensão pulmonar, glaucoma, entre outras, além de fórmulas nutricionais e insumos para tratamento de doenças graves. A entrega dos medicamentos é feita exclusivamente por farmacêuticos e os usuários saem das farmácias com as informações que precisam para usá-los corretamente. No retorno, são questionados sobre possíveis efeitos adversos e sobre o quadro geral de saúde.

 

Como ter acesso

Caso necessite de algum componente especializado, o cidadão deve recorrer à Farmácia Cidadã Estadual localizada em seu município ou aquela que for referência para o seu local de residência. O paciente deve apresentar exames e documentos fornecidos pelo médico, e a farmácia abrirá um processo para avaliar a solicitação. Quando a avaliação é concluída, a Farmácia Cidadã envia uma mensagem por SMS (torpedo) para o telefone celular do paciente ou do responsável informando se a solicitação foi aprovada ou não, e dizendo da necessidade de entrar em contato com a farmácia para agendar o atendimento nos casos aprovados.

 

Opiniões

“Com essa estrutura adequada, o atendimento na Farmácia Cidadã melhorou bastante. Está muito bem organizado, sem dúvida. E a gente sai de lá com as informações que precisamos para usar as medicações corretamente”.

(Valdir Carvalho, 65, aposentado)

 

“Minha esposa faz uso de alguns medicamentos e tem sido bastante satisfatório vir à Farmácia Cidadã em busca deles. A unidade está muito bem estruturada e os servidores preparados para nos atender”.

(Gilberto Rodrigues, 57, caldeireiro)

 

Está mais amplo e mais organizado. E tem o atendimento também, pois agora temos mais farmacêuticos”, disse Maria Aparecida Rocha, filha do aposentado Geraldo Pedro Rocha, de 69 anos.

Veja mais sobre Política [+ notícias]

Edição da Semana

Coluna
Beth Vervloet

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Aracruz e região.

Fórum do Leitor

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!