Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
18/04/2019 às 10:04
Cerco eletrônico entregue em Aracruz

Com a entrega simbólica pelo prefeito Jones Cavaglieri na quarta-feira 17, Aracruz passou a contar oficialmente com o cerco eletrônico, sistema composto por 32 câmeras de reconhecimento ótico de caracteres para monitorar em 15 pontos estratégicos a movimentação de veículos na sede do município. Implantada pela prefeitura, com recursos próprios, a ferramenta tecnológica – em funcionamento desde o início deste ano na Central Integrada de Segurança Pública (CISP) – é resultado de ações pautadas no Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM).

 

“Somos o 30º município brasileiro a contar com esse recurso tecnológico. Aracruz está investindo em segurança pública, que não é uma obrigação somente do Estado. Devemos trabalhar em conjunto no enfrentamento ao crime. O cerco eletrônico, que é muito mais do que um sistema que faz a leitura de placas de veículos, vem – com suas muitas possibilidades – contribuir nesse sentido”, destacou o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Luciano Forrechi, no evento prestigiado pelo secretário de Estado da Segurança Pública, Roberto Sá; o comandante do 5° Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Anderson Loureiro Barboza; o delegado-chefe da 13ª Delegacia Regional, Dr. João Francisco Filho, vereadores e demais autoridades.

 

Aracruz é o segundo município do Estado a implantar o cerco eletrônico. O primeiro foi Vitória, onde o sistema já apresenta resultados positivos em relação ao roubo de carros. A queda nas ocorrências em janeiro e fevereiro deste ano foi de 48% em relação ao mesmo período de 2018, quando o cerco ainda não havia sido implantado. Os dados são da secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social.

 

Em Aracruz, com o auxílio do cerco eletrônico, as autoridades policiais já conseguiram recuperar objeto fruto de estelionato, bem como veículos furtados ou roubados. O sistema também foi determinante para a prisão de integrantes de uma quadrilha envolvida no sequestro de um taxista, além de ajudar a localizar o carro em que estava o casal de namorados sequestrado próximo a um supermercado no mês passado, segundo informou a prefeitura.

 

Interligado com o Centro Integrado Operacional de Defesa Social (CIODES), através de um convênio com a secretaria estadual de Segurança para compartilhamento de informações, o cerco eletrônico em Aracruz permite melhor capacidade de pronta resposta em episódios que demandem a presença de efetivo das polícias Civil e/ou Militar. Agora, para ampliar sua eficácia, a prefeitura está buscando interligá-lo também ao Detran-ES e à Polícia Rodoviária Federal.

Veja mais sobre Cidades [+ notícias]

Edição da Semana

Coluna
Beth Vervloet

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Aracruz e região.

Fórum do Leitor

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!