Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
15/03/2019 às 08:46
Atraso na duplicação da BR-101 leva Assembleia a criar CPI

Por iniciativa do deputado Eustáquio de Freitas, representante de São Mateus na Assembleia Legislativa, os deputados autorizaram a criação de uma CPI para investigar o contrato de concessão da rodovia BR-101 e os pedágios cobrados pela Concessionária Eco101. Segundo Freitas, contratos não estão sendo cumpridos e a rodovia já deveria estar com 60% da duplicação concluída.

 

O parlamentar reuniu as 10 assinaturas de deputados exigidas pelo Regimento Interno para formar uma CPI. “Só falta agora a Mesa Diretora baixar um ato para que a CPI seja oficialmente instalada e seus integrantes sejam eleitos”, disse Freitas. Em 2010, sendo presidida pelo hoje presidente da Casa, deputado Erick Musso, a Assembleia criou uma Frente Parlamentar para debater o tema, quando foram realizadas audiências públicas em Aracruz, Iconha e São Mateus.

 

Senti necessidade de criar esta CPI, pois se a Eco101 cumprisse o contrato iniciado em maio de 2014, portanto, há quase cinco anos, já teríamos 60% da rodovia duplicada, o que corresponde ao trecho entre Jacupemba, em Aracruz, e a divisa com o Rio de Janeiro. Mesmo sendo uma rodovia federal, os deputados estaduais têm legitimidade para abrir a CPI”, finalizou Freitas.

Veja mais sobre Cidades [+ notícias]

Edição da Semana

Coluna
Beth Vervloet

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Aracruz e região.

Fórum do Leitor

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!