Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
24/07/2015 às 07:10
Fibria tem receita recorde de R$ 2,309 bilhões no segundo trimestre

A valorização do dólar médio e a continuidade de uma demanda positiva por celulose ao longo do segundo trimestre de 2015, que permitiu novo anúncio de aumento para junho de US$ 20 por tonelada no preço da fibra para todas as regiões, fizeram com que a Fibria atingisse novos recordes em seus resultados encerrados no período.

 

A companhia registrou receita líquida recorde de R$ 2,309 bilhões, com crescimento de 36% na comparação com o segundo trimestre de 2014 e de 16% em relação ao trimestre anterior. No acumulado de 12 meses até o fim de junho, a receita líquida somou R$ 8,054 bilhões, montante também recorde para um período de 12 meses em toda a história.

 

A valorização do dólar médio e a manutenção de uma demanda favorável por celulose no mercado internacional colaboraram para que a Fibria atingisse novos patamares em seus resultados trimestrais. Prova disso são os recordes de receita líquida e Ebitda da companhia não apenas no período de três meses, mas também no acumulado de 12 meses até o fim de junho. Outra boa notícia foi a distribuição,em maio,de R$ 149 milhões em dividendos aos acionistas sobre os resultados obtidos no ano passado, correspondente a 100% do lucro líquido ajustado,dada a forte capacidade de geração de caixa da empresa e seu baixo nível de alavancagem”, afirma o presidente da Fibria, Marcelo Castelli.

 

A oscilação do câmbio nos últimos meses também contribuiu para que a companhia obtivesse resultado líquido positivo no segundo trimestre. Por ser uma empresa de natureza exportadora, a Fibria tem mais de 90% da dívida contratada em dólar, e o seu resultado líquido sofre efeito direto da variação cambial sobre a dívida. A queda de 3% no dólar de fechamento do segundo trimestre deste ano impactou positivamente a conversão do saldo da dívida da Fibria para reais, colaborando para que a companhia registrasse lucro líquido de R$ 614 milhões no período.

 

Maior fabricante mundial de celulose de eucalipto, a Fibria produziu no segundo trimestre 1,321 milhão de toneladas do produto, com crescimento de 4% em relação ao mesmo período do ano passado e aumento de 2% sobre o trimestre anterior. As vendas somaram 1,282 milhão de toneladas, representando o segundo volume mais alto para um segundo trimestre em toda a história da companhia.

Veja mais sobre Fibria [+ notícias]

Edição da Semana

Coluna
Beth Vervloet

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Aracruz e região.

Fórum do Leitor

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!