Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
18/04/2019 às 09:22
Deputado e vereadores cobram soluções de combate à violência em Aracruz

Reunindo em seu gabinete na Assembleia Legislativa vereadores de Aracruz e o alto comando da Segurança Pública no Estado, o deputado Erick Musso cobrou ação para reduzir os índices de violência no município, que estão intranquilizando moradores e trabalhadores do Centro, distritos e orla. Só neste ano já foram registrados 17 homicídios e ocorreram assaltos, roubos e tráfico de drogas.

 

Participaram o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Roberto de Sá; o subsecretário de Estado de Inteligência, José Monteiro Junior; o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda; o comandante geral da Polícia Militar, coronel Moacyr Barreto Mendonça; a superintendente de Polícia Civil da Regional de Aracruz, Andreia Maria Pereira; e o delegado titular de Aracruz, João Francisco Filho. O coronel Mendonça afirmou que hoje a Polícia Militar tem um déficit de dois mil policiais e a Civil, 600, sendo urgente a realização de concursos públicos

 

Musso solicitou mais ostensividade na segurança local, com mais aparato das polícias, uma vez que, com a diminuição dos índices de violência na Grande Vitória, a consequência tem sido um aumento e migração de bandidos para o interior, inclusive Aracruz. Na reunião se discutiu investimentos, compra de equipamentos, material humano e aumento do efetivo das polícias militar e civil.

 

O secretário Roberto de Sá se colocou à disposição para atender aos pedidos. Além do investimento em material humano, que virá num segundo momento devido à rigidez fiscal que o Estado vive, o secretário frisou que vai apresentar propostas, num diagnóstico conjunto com as polícias civil e miliar, para minimizar os impactos negativos na região.

 

Participaram também os vereadores Romildo Broetto, Adeir do Gás, Celson da Farmácia, Alcântaro Filho, Dileuza Del Caro, Fábio Neto e Carlinhos do Josiel. Uma recente sessão da Câmara foi pautada por pronunciamentos relacionados às questões de segurança no município, sendo cobrada a presença nas ruas de militares que passaram por treinamentos e não estão atuando em Aracruz.

 

Com todos os problemas que enfrenta com a falta de policiais, o comando do 5º BPM vem agindo nos distritos e bairros da sede e orla, com diversas operações de apreensão de armas de fogo, munições, maconha e crack, além de prisões, como a recente no bairro Pombal, em Jacupemba.

Veja mais sobre Política [+ notícias]

Edição da Semana

Coluna
Beth Vervloet

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Aracruz e região.

Fórum do Leitor

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!