Você está aqui: Home › Colunas › Marcos Paulo
Marcos Paulo

E-mail: folhalitoral@uol.com.br

10/03/2017
Sucupira I

Parece piada, mas é vero... O vereador de Ibiraçu, Weverton Ferreira Tonon, apresentou projeto de resolução propondo que as sessões passem das terças-feiras para as quintas-feiras, às 19h. Sua justificativa entra para o folclore político da região, pois o Tonon alega dificuldade para comparecer às sessões das terças-feiras, “posto que se encontra em seu último período na faculdade que frequenta e, nessa reta final, quando faltam apenas cinco meses para a conclusão do curso, não pode deixar de comparecer às aulas, que ocorrem exatamente de segunda às quartas-feiras, no período noturno, coincidindo com o horário das sessões, e pede a compreensão e o apoio dos nobres edis para a alteração apenas e tão somente do dia das sessões ordinárias, o que não prejudicará absolutamente em nada o trabalho desenvolvido e as atividades dos vereadores”. Ademais, justifica ele, “passado esse período e se a alteração – uma vez autorizada – não se mostrar ser a mais adequada, não haverá qualquer empecilho a que se reveja o melhor dia, podendo haver o retorno das sessões para as terças-feiras ou para outro dia da semana”. E a pós-graduação, vereador, caso caia em dias de sessões, também implicará em mudança? MP ainda não sabe se o projeto foi aprovado... Já pensaram se cada um dos nove vereadores tentassem adequar o funcionamento das sessões da Câmara às suas atividades particulares? As sessões passariam para os domingos. Sucupira é aqui!

 

Sucupira 2

Uma servidora da Prefeitura de Ibiraçu foi contemplada com uma gratificação de 80% sobre os seus vencimentos mensais, com o prefeito Duda Marozzi explicando na proposta publicada no Diário da Amunes que ela exerce função relevante no setor em que está lotada, sendo considerada imprescindível para a realização dos serviços públicos prestados na administração pública, pois exerce funções de assessoramento, chefia e direção, e que ela, a servidora beneficiada, demonstra enorme dedicação ao serviço público municipal, exercendo suas atividades de forma eficiente, impelindo uma alta resolutividade dos problemas administrativos, bem como sempre apresentando soluções para implementar uma gestão pública mais eficiente, resultando em grande melhoria dos serviços prestados pelas secretarias municipais às quais estejam vinculados, exercendo o serviço de forma altamente especializada, gerando trabalho de alto nível, gerando serviços públicos de grande qualidade, atendendo ao principio constitucional da eficiência e outros blá-blá-blás. O mesmo percentual foi concedido a um motorista de veículos leves. E não é mais que obrigação do servidor ser dedicado? Os demais servidores, prefeito Duda, também sonham com esse percentual de gratificação. Afinal, não são todos dedicados? Ou não? O dinheiro pago pela gratificação é do povo de Ibiraçu. Bem, após protestos em redes sociais, a própria servidora pediu a suspensão do benefício... Que até ontem 09 não havia sido publicada no Diário Oficial da Amunes.

 

SAAE 1

Demitido da função, um operador da estação de tratamento do SAAE de Ibiraçu foi às redes sociais a atual situação de segurança no local, que fica em local isolado, sem muros, portões sem cadeados e livre acesso a qualquer pessoa, já que nem videomonitoramento existe, pois o material está danificado. E denuncia ainda que a autarquia municipal tem outros problemas, como equipamentos sucateados e quebrados.

 

SAAE 2

Confirmando as palavras do ex-servidor, o químico responsável pelo tratamento de água em Ibiraçu, César Serejo, foi à Câmara de Vereadores e detonou. Segundo ele, o SAAE está na UTI, só precisando desligar os aparelhos... Péssimas condições de trabalho há 10 anos, operadores trabalhando sem qualificação em ambiente sucateado, problemas nos floculadores e devastadores nas dosagens de cloro, flúor e sulfato de alumínio, feitas manualmente. Os filtros estão vencidos há mais de 20 anos. Prefeito Duda, a população quer garantia para receber uma água de qualidade!

 

A favor da PM

Em rede social, o ex-governador Renato Casagrande se manifestou em apoio aos policiais militares, afirmando que “com novos critérios, promoção de oficiais da Polícia Militar, a instituição pode ser instrumento do governo e não mais do Estado. Lamentável retrocesso!”, postou Casão no Face.

Veja mais em "Marcos Paulo" [veja todos]

Edição da Semana

Coluna
Beth Vervloet

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Aracruz e região.

Fórum do Leitor

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!