Você está aqui: Home › Colunas › Marcos Paulo
Marcos Paulo

E-mail: folhalitoral@uol.com.br

01/04/2016
Fora, corruptos!

Depois de postar uma foto no seu perfil segurando cartaz com a frase “Fora, Corruptos”, a deputada e pré-candidata a prefeita de Linhares, Eliana Dadalto (PTC), fez uma grave denúncia em vídeo postado por ela no ultimo dia 24, onde afirma que após a postagem da foto familiares e assessores dela receberam ameaças e assédio por parte de grupos políticos da cidade. No vídeo, com pouco mais de um minuto, a parlamentar se diz surpresa com a atitude por parte de pessoas que deveriam se unir contra esse câncer que é a corrupção. É o radicalismo, deputada!

 

Lixo seco

Amanhã 09 os moradores do bairro São Carlos I, em João Neiva, promovem mutirão para recolher o lixo seco. A partir do dia 12, o caminhão da prefeitura estará passará pelo bairro realizando a coleta seletiva. Assim, todas as terças-feiras o caminhão percorrerá as principais ruas do bairro na parte da manhã. É necessário que haja a separação do lixo seco e do lixo úmido. A coleta do lixo úmido permanecerá da mesma forma.

 

Cabeça de burro?

Pela segunda vez um ministro dos Portos anuncia que vem ao Estado para anunciar a autorização de um novo Terminal de Uso Privativo (TUP) em Aracruz, da Nutripetro, em Barra do Riacho. Primeiro foi o então ministro Edinho Araújo, que veio e recuou em cima da hora. Agora foi o ministro Helder Barbalho, que cancelou a viagem. O problema é que o empreendimento está barrado pelo Ibama, pois há um impasse na construção do projeto, a menos que seja construído em outro local. Desde dezembro de 2014, existe um parecer, referente ao Estudo de Impacto Ambiental (EIA), em que o Ibama deixa claro que a escolha pela região não é adequada para a instalação do empreendimento. O órgão cita no documento como impedimentos para o projeto ser tocado adiante os impactos socioambientais que podem ser causados às comunidades indígenas da região e as ameaças à reprodução e ao desenvolvimento das tartarugas marinhas. O investimento é de R$ 347,3 milhões.

 

Será que deixa?

Vinte e dois deputados federais e quatro senadores do PP assinaram documento entregue ao senador Ciro Nogueira, presidente do partido, para solicitar a convocação do Diretório Nacional, a fim de debater a saída da base de apoio ao Governo Dilma Rousseff. Diversos parlamentares já não se sentiam à vontade com a posição do partido e já assumiram publicamente a postura a favor do impeachment da presidente. Na bancada capixaba, a maioria dos deputados vota pelo impedimento da presidente, que, por sua vez, já acenou com os cargos deixados pelo PMDB. Será que rompe mesmo? Como andam as coisas em Brasília, apoiar Dilma é como receber um cheque sem fundos, e apoiar Temer é cheque pós-datado!

 

Comemorar?

Na data dos seus 168 anos de emancipação, Aracruz continua sem ter o que comemorar em relação aos grandes projetos industriais, que foram anunciados pomposamente, mas até hoje não saíram do papel. Como andam os projetos da Carta Fabril, Nutripetro, ZPE, Odjjell e Terminal de GNV, entre outros? Como diz um leitor desta coluna, toda essa promessa de desenvolvimento para a cidade, todos os anúncios de indústrias e as promessas de grandes investimentos têm que começar a ser tratados com mais cautela, porque isso produz uma sensação de que Aracruz está jorrando dinheiro, mas isso é um folclore.

Veja mais em "Marcos Paulo" [veja todos]

Edição da Semana

Coluna
Beth Vervloet

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Aracruz e região.

Fórum do Leitor

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!