Pesquisa aponta percepções de turistas em Aracruz e Ibiraçu

Foram entrevistados 195 turistas em Aracruz e 193 em Ibiraçu

0
25
Foto: Divulgação/Governo ES

Pesquisa da secretaria de Estado de Turismo realizada no balneário de Barra do Sahy, em Aracruz, e na Praça Torii, dentro da área do Mosteiro Zen Morro da Vargem, em Ibiraçu, com 388 turistas na primeira quinzena de janeiro deste ano ajuda os dois municípios a planejarem suas ações de infraestrutura e divulgação, bem como serve de parâmetro para empreendedores aperfeiçoarem seus atendimentos.

Em Aracruz, foram entrevistados 195 turistas. Do total, 28,5% são oriundos de outros estados ou países; 79,5% pernoitaram na cidade, ficando em média 14 dias; e 73,8% fizeram uso dos serviços de bares, quiosques ou restaurantes. Os gastos médios foram de R$ 2,05 mil com hospedagem; R$ 915,23 com alimentação; e R$ 320,69 com compras.

A pesquisa (disponível no site www.observatoriodoturismo.es.gov.br) ainda mostra que o lazer foi o motivo da viagem para 74,4% dos 195 entrevistados em Aracruz, sendo os atrativos naturais ou a proximidade o fator decisivo para a escolha do município como destino turístico. A fonte para escolha foi indicação de amigos e/ou parentes para 64,7%; trabalho para 11,8%; e pesquisa na internet ou redes sociais para 23,5%.

Dos 195 turistas entrevistados em Barra do Sahy, 65,8% avaliaram positivamente a sensação de segurança do balneário; 54,1% a limpeza pública; 51,1% a sinalização turística rodoviária; 66,2% a hospitalidade ou receptividade; e 67,3% os pratos típicos. A pesquisa revelou ainda que 53,3% tiveram as expectativas correspondidas e 97,1% recomendariam o destino.

Em Ibiraçu, foram entrevistados 193 turistas. Do total, 51% são oriundos de outros estados ou países; 62,2% pernoitaram na cidade, ficando em média quatro dias; e 71% fizeram uso dos serviços de bares, quiosques ou restaurantes. Os gastos médios foram de R$ 1,34 mil com hospedagem; R$ 658,96 com alimentação; e R$ 585,48 com compras.

A pesquisa ainda mostra que o lazer foi o motivo da viagem para 75,6% dos 193 entrevistados em Ibiraçu, sendo os atrativos naturais ou cartões-postais o fator decisivo para a escolha do município como destino turístico. A fonte para escolha foi pesquisa na internet ou redes sociais para 50,6%; indicação de amigos e/ou parentes para 28,9%; passagem pelo local ou rota para 7,2%; curiosidade para 1,2%; e programas de TV também para 1,2%.

Dos 193 turistas entrevistados na Praça Torii, 69,1% avaliaram positivamente a sensação de segurança do local; 71,9% a limpeza pública; 65,7% a sinalização turística rodoviária; 75,2% a hospitalidade ou receptividade; e 80,7% os pratos típicos. A pesquisa revelou ainda que 75,6% tiveram as expectativas correspondidas e 100% recomendariam o destino.

PUBLICIDADE