Onde descartar medicamentos vencidos ou sem uso em Aracruz

0
17
Equipe Drogasil com as embalagens sustentáveis da marca Natz, resultado do descarte consciente. Foto: Jasleon Humberto

Nocivos ao solo e ao leito dos rios, medicamentos vencidos ou sem uso não podem ser descartados no lixo comum ou na rede coletora de esgoto. Em Aracruz, as duas filiais da rede de drogarias Drogasil (uma no Centro e outra ao lado do Posto Trevão) contam com coletores para este fim e tem incentivado o descarte consciente. “Recolhemos não só os medicamentos – inclusive veterinários – fora da validade ou em desuso como também suas embalagens, além das bulas, independente de terem sido adquiridos conosco. A exceção são insulinas e materiais perfurocortantes”, explica a farmacêutica Rayane da Silva Fontes.

Comprimidos, drágeas, cápsulas e demais medicamentos sólidos ou líquidos, além de pastosos como cremes e pomadas podem ser descartados, preferencialmente em suas embalagens originais, na Drogasil mais próxima. Tudo o que é coletado é encaminhado periodicamente para os centros de distribuição da rede, havendo posterior incineração.

O papelão, o papel e as bulas das embalagens, por sua vez, retornam à cadeia produtiva por meio de empresas parceiras. Uma delas, inclusive, fabrica recipientes de papel cartão reciclado para os produtos da linha sustentável Natz, marca própria da RD, grupo ao qual pertence à Drogasil.

Ao recolher 192 toneladas de medicamentos vencidos ou sem uso em todo o Brasil no ano passado, a estimativa é de que o programa de descarte consciente do grupo RD tenha evitado que 86 bilhões de litros de água fossem poluídos.

Medicamentos vencidos ou sem uso também podem ser descartados nas farmácias básicas da Prefeitura de Aracruz. Já objetos perfurocortantes, como seringas e agulhas, podem ser descartados nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). O material é coletado e enviado para destinação final ambientalmente adequada.

PUBLICIDADE