Líderes comunitários movimentam Ibiraçu em prol de famílias vulneráveis

O projeto segue arrecadando alimentos, afinal a fome é uma questão séria no momento, mas que já era séria e que vai continuar séria depois da pandemia

0
36
Cestas montadas pelo projeto "Movimenta Ibiraçu". Foto: Divulgação

Com a pandemia do coronavírus, famílias em vulnerabilidade social ficaram em situação ainda mais delicada. Para ajudar quem tem fome, o líder comunitário Adriano de Oliveira criou o projeto “Movimenta Ibiraçu”, que, abraçado por outros três presidentes de comunidades, já levou cestas básicas a 192 famílias de todo o município.

Adriano de Oliveira, Juliana Madeira, Mazinho e Solimar Alvarenga. Fotos: Arquivo Pessoal

Além de Adriano, presidente da Associação de Moradores do Bairro Boa Vista, coordenam o projeto Juliana Madeira; Jocimar Márcio das Neves, o Mazinho; e Solimar Alvarenga, respectivamente líderes comunitários dos bairros Elias Bragatto, Residencial Francisco Campagnaro e São Benedito. “Unimos nossas comunidades em uma causa urgente e imprescindível. Quem tem fome tem pressa e não podíamos deixar de buscar uma forma de ajudar”, destacaram.

Envolvendo também dezenas de voluntários, o “Movimenta Ibiraçu” arrecadou dentro de 30 dias (10/04 a 10/05) quase 3,5 mil toneladas de alimentos, quantidade suficiente para a montagem de 265 cestas básicas. E para direcionar os donativos às famílias mais necessitadas, um sistema de triagem foi adotado e quatro bases de distribuição foram criadas. Ao todo, 14 comunidades já foram assistidas pelo projeto.

O projeto segue arrecadando alimentos, afinal a fome é uma questão séria no momento, mas que já era séria e que vai continuar séria depois da pandemia. “Por isso, a importância da continuidade das doações de todos que puderem ajudar”, completa Adriano de Oliveira.

Doações em dinheiro também são aceitas, inclusive, com os primeiros R$ 2.350,24 arrecadados foram adquiridos 60 pacotes de arroz, 60 de açúcar, 40 de biscoito e 40 pacotes de sal, além de 40 litros de óleo e outros 36 de leite. Tudo será utilizado na montagem das cestas básicas. Mais informações podem ser obtidas ligando para (27) 99969-9021.

PUBLICIDADE