Escritor aracruzense conversa com estudantes do CEA

O convite foi feito ao escritor aracruzense pela escola e faz parte do projeto “CEA Literário”, que tem como objetivo desenvolver nas crianças o hábito da leitura

0
32
Foto: Divulgação/CEA

O escritor Rogério Sarmenghi, membro fundador da Academia Aracruzense de Letras (Acal), conversou com os estudantes do 1º ao 5º Ano do Ensino Fundamental I, do Centro Educacional de Aracruz (CEA), e com as professoras regentes das turmas. O convite foi feito ao escritor aracruzense pela escola e faz parte do projeto “CEA Literário”, que tem como objetivo desenvolver nas crianças o hábito da leitura.

Na ocasião, as crianças tiveram a oportunidade de ter contato com algumas obras do escritor e saber um pouco mais sobre a sua trajetória de vida pessoal e profissional. Durante o bate-papo, Rogério compartilhou suas experiências sobre o processo de escrita, incentivando os estudantes a terem um olhar diferenciado para as belezas do município de Aracruz.

“Esse momento foi importante. Uma troca de experiência com os professores e alunos do CEA, principalmente, ao possibilitar o incentivo da criança à leitura e à escrita, algo que considero fundamental nos dias de hoje. Por meio da leitura e escrita, possibilitamos aos pequenos conhecerem mundos diferentes e a usarem a criatividade e a imaginação”, ressaltou Sarmenghi.

Além disso, de acordo com o escritor aracruzense, “a escrita possibilita ainda à criança o registro de seus sentimentos e de suas histórias de vida, criando personagens e histórias de ficção, poemas e poesias. Esse encontro foi uma grande troca de experiência entre autor e público. Eu aprendo sempre com as crianças e motivá-las na leitura e na escrita é uma grande realização pessoal, um dos meus projetos de vida”.

Em 2022, Rogério lançou o seu primeiro livro infantil, “A Turma da Nani apresenta: aventuras turísticas em Aracruz”. A proposta foi criar uma turma com cinco crianças, de idade média de 10 anos, para fazer um passeio por pontos turísticos e históricos de Aracruz, conhecendo, ainda, um pouco do folclore e da cultura local.

PUBLICIDADE