Deputado eleito Alcântaro Filho cobra e diretor do DER-ES vem a Aracruz

0
25

Mesmo sem ainda assumir o mandato (a posse será em 1º de fevereiro próximo), o deputado estadual eleito Alcântaro Filho (Republicanos) trabalha junto ao Governo do Estado para resolver a situação precária das rodovias estaduais em Aracruz (ES-124, ES-010 e Primo Bitti), agravada com as chuvas intensas e tomadas pelos buracos, além das avenidas Castelo Branco e Venâncio Flores, no Centro da cidade e bairros Bela Vista, Solar Bitti, Valle Verde e Centro Empresarial. Ele intermediou as visitas do diretor do DER-ES, Luiz César Maretto; e do superintendente Américo Silva ao município.

Maretto e Américo se reuniram com o prefeito Dr. Coutinho e equipe. Segundo Alcântaro, “as chuvas estão causando vários problemas nas rodovias e ruas de Aracruz e Região, tanto nas estradas estaduais quanto municipais, e eu já havia feito uma solicitação formal ao Governo do Estado desde quando a situação ficou extremamente complicada, já que no final do ano passado fortes chuvas deixaram a rodovia ES-124, entre Aracruz e Guaraná, intransitável, e desde então, nada foi feito e a população que precisa passar pelo local tem enfrentado sérios riscos e problemas”.

Na manhã de quarta-feira 04, Alcântaro recebeu em Aracruz o diretor do DER-ES Luiz César Maretto, e o superintendente Américo Silva para tratar sobre as soluções para essa situação. Eles visitaram o local mais afetado, que fica no Retiro, e ficou acertado que o DER-ES irá enviar uma força tarefa para a reparação dos danos nas rodovias estaduais que cortam Aracruz, nos próximos dias, com promessa de que toda a rodovia ES-124 deverá ser recapeada a pedido de Alcântaro, inclusive o trecho urbano que corta a sede do município, formado pela avenida Venâncio Flores.

Alcântaro aproveitou para solicitar sobre a retomada das obras do asfalto de Santa Rosa, que está paralisada desde que a empresa abandonou o canteiro na reta final dos trabalhos. Sob recomendação do Ministério Público Estadual, Maretto informou que uma nova licitação está sendo preparada para o término daquela obra. O deputado eleito também cobrou sobre a pavimentação das demais rodovias estaduais que cortam o município, a situação da avenida Castelo Branco a da ES-456, do bairro Bela Vista até Coqueiral (rodovia Primo Bitti), que também deve estrar no pacote das reformas que o governador Renato Casagrande irá trazer para Aracruz.

Reunião na prefeitura
O prefeito Dr. Coutinho, na companhia dos secretários de Obras e Infraestrutura, Rafael Borgo; e de Ações Estratégicas, Jeesala Coutinho, recebeu em seu gabinete no mesmo dia o diretor do DER/ES, Luiz César Maretto; e o superintendente SR1, Américo Luiz Pereira e equipe técnica, para uma reunião que analisou os principais trechos de vias danificados no município e que necessitam de uma manutenção asfáltica em função das constantes chuvas.

“Viemos para Aracruz pela orla para que já pudéssemos fazer um reconhecimento do trecho da rodovia ES-010, compreendido entre a ponte do rio Piraquê-Açu até o trevo próximo à Suzano, totalizando 14 quilômetros. Trata-se de um contrato do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), cujo resultado da licitação já foi encaminhado no ano passado para darmos a ordem de serviço, o que não será complicado. Nesse trecho será feita uma reabilitação com melhorias com capa, pavimentação e sinalização nova, além de alargamento, acostamento e drenagem em alguns pontos”, explicou Luiz César Maretto.

Ainda de acordo com Luiz César, um outro trecho que compreende o contorno de Barra do Sahy até Jacaraípe, saindo da ponte do rio Piraquê-Açu, o projeto está sendo finalizado para poder também ir para o BID. “Temos uma ata de registro de preço contratada integralmente e iremos definir junto ao município as rodovias para que o DER/ES possa executar as obras de recapeamento dentro do contrato que temos”, disse.

O secretário Rafael Borgo entregou pessoalmente nas mãos do diretor do DER/ES um documento com a relação dos principais pontos a serem revitalizados no município, e que após a reunião foram visitados pela comitiva. “Fizemos uma visita às avenidas Venâncio Flores, Castelo Branco e Florestal e solicitamos o recapeamento asfáltico, pois estão muito esburacadas e desniveladas, a ponto dos serviços de tapa-buraco não surtirem mais efeito”, destacou.

PUBLICIDADE