Da Vitória é reeleito para liderar bancada capixaba no Congresso Nacional

É a quinta vez consecutiva que o parlamentar exerce a função, fato que ocorre pela primeira vez

0
25
Os deputados federais Dr. Victor (Podemos), Helder Salomão (PT), Paulo Foletto (PSB), Jack Rocha (PT), Da Vitória (PP), Gilson Daniel (Podemos), Amaro Neto (Republicanos), Messias Donato (Republicanos), Gilvan da Federal (PL) e Evair de Melo (PP) com o senador Magno Malta (PL). Foto: Divulgação

Em reunião realizada na quarta-feira 08, em Brasília, os deputados federais e senadores do Espírito Santo reelegeram o deputado Da Vitória como coordenador da bancada capixaba no Congresso Nacional para o ano de 2023. É a quinta vez consecutiva que o parlamentar exerce a função, fato que ocorre pela primeira vez.

“Fico honrado em ser reconduzido como coordenador da bancada capixaba para este ano. Os parlamentares do Espírito Santo têm atuado de maneira unida nas demandas que são de interesse do Estado. Conseguimos durante os últimos quatro anos, por meio dos recursos destinados pelas emendas parlamentares de bancada, dar início aos investimentos que os capixabas aguardavam há anos, como a rodovia do Contorno do Mestre Álvaro, na Serra, e a implantação da BR-447, que beneficiará Cariacica e Vila Velha, além de todo o suporte em recursos para saúde, educação, agricultura, segurança pública e diversas outras áreas”, destacou Da Vitória.

O deputado federal ainda ressaltou outras conquistas, como a inclusão de quatro cidades na área de atuação da Sudene e a prorrogação dos incentivos fiscais em ICMS até 2032 para o Estado. A coordenação é exercida pelo prazo de um ano. A deputada federal Jackeline Rocha (PT) terá a função de subcoordenadora.

Durante a primeira reunião desta nova legislatura, Da Vitória apresentou o trabalho realizado nos últimos quatro anos aos novos e aos parlamentares reeleitos. Os deputados e senadores também dialogaram sobre os projetos prioritários para os próximos quatro anos, como os investimentos em infraestrutura, saúde, educação, defesa civil, assistência social, segurança pública e demais áreas.

PUBLICIDADE