Aracruz economiza mais de R$ 746 mil desde a implantação do “Prefeitura sem Papel”

O custo de um processo digital é até 64% menor em relação ao processo em papel

0
9
Servidores foram capacitados para utilizar a plataforma. Foto: Divulgação/Secom PMA

Implantado pela secretaria de Administração de Aracruz em abril deste ano, o projeto “Prefeitura sem Papel” permitiu que 933 mil folhas de papel sulfite deixassem de serem utilizadas em 18.667 processos internos e outros 1.106 externos, proporcionando uma economia de R$ 746.689,00 aos cofres públicos.

Com conceito sustentável, o software No Paper Cloud “zera” o uso de papel em todas as secretarias e departamentos da prefeitura ao permitir o envio e recebimento de documentos, solicitações e protocolos de forma 100% online, o que ainda facilita e desburocratiza os serviços.

O custo de um processo digital é até 64% menor em relação ao processo em papel. Outra vantagem com o uso do No Paper Cloud é que os gestores podem assinar as documentações eletronicamente, desse modo vários processos são despachados com uma única ação, reduzindo em até 80% o tempo de tramitação. “A praticidade do sistema é um dos pontos que mais chama a atenção. Temos o registro de documentos sendo movimentados em países como África e Colômbia, o que torna qualquer processo menos burocrático e mais fácil ao cidadão”, enfatiza Marcus Coelho, secretário municipal de Administração.

São 11 tipos de processos disponíveis no “Prefeitura sem Papel”: atestado médico, licença (qualquer uma de servidor), exoneração ou rescisão, recurso, resposta ou defesa referente a notificação ou infração tanto para pessoa física quanto jurídica, pagamento e cancelamento de nota fiscal, isenção de IPTU, transferência de titularidade de imóveis, passe livre e prescrição de débitos. Para todos eles, deixa de existir a cobrança de taxa de expediente no ato da abertura do processo. Com isso, o solicitante economiza, em média, R$ 16,00.

PUBLICIDADE